Graças a programas de financiamento como o Minha Casa, Minha Vida, ter um cantinho só seu é um sonho que está cada dia mais próximo para muita gente. Mas na hora de de usufruir do benefício, surge a dúvida: como escolher o melhor imóvel?

No post de hoje, descubra o que levar em conta na hora de escolher onde investir e quais regras devem ser seguidas nesse momento:

As regras do programa

O programa Minha Casa, Minha Vida é voltado para famílias que desejam sair do aluguel, mas não têm renda suficiente para se enquadrar em outros tipos de financiamento.

Para atender a diversos públicos, o programa é dividido em 4 faixas:

  • faixa 1: voltada para famílias com renda de até R$ 1.800;
  • faixa 1,5: para lares com renda de até R$ 2.600;
  • faixa 2: para famílias com renda mensal de até R$ 2.600, além de financiário de menos de 30 anos ou com renda de até R$ 4.000;
  • faixa 3: voltada para famílias com renda de até R$ 7.000 mensais.

Além de saber qual faixa do programa é a mais indicada para você, também é bom ficar atento ao valor máximo do imóvel que será financiado. Afinal, essas cifras podem mudar conforme a cidade ou estado em que você reside.

Os preços dos imóveis

O valor máximo que pode ser financiado por imóvel é definido de acordo com a região do país e o custo de vida de cada local.

A seguir, reunimos as principais faixas de preço e os critérios utilizados pelo programa:

Entre R$ 90.000 e R$ 135.000

Essa faixa de preço é destinada a municípios com menos de 250 mil habitantes. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal praticam os valores mais altos, enquanto a região Norte e Nordeste não passam dos R$ 120.000.

Entre R$ 150.000 e R$ 170.000

Faixa de preço praticada nos municípios com mais de 250 mil habitantes, ou em regiões metropolitanas com mais de 100 mil habitantes. Nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, esse é o preço praticado nas capitais.

Entre R$ 180.000,00 e 225.000,00

Esses são os valores definidos para as capitais das regiões Sul e Sudeste e, também, nas metrópoles em geral.

As faixas de preço podem variar conforme as fases do programa. Por isso, é bom ficar de olho e sempre pedir simulações de financiamento.

Os tipos de imóveis

No programa Minha Casa, Minha Vida, os tipos de imóveis disponíveis para financiamento são bem diversos. Em geral, tratam-se de lares em condomínios ou habitações, podendo ser casas, apartamentos ou kitnets.

Quando se pensa em imóvel do Minha Casa, Minha Vida, logo vem à mente as casas e apartamentos populares construídos, em geral, pelas Prefeituras. Porém, existem construtoras e empresas que também participam do programa e oferecem imóveis com boa localização e um padrão diferente.

Por isso, é importante ficar atento aos planos de financiamento e às possibilidades disponíveis na sua cidade. Assim, é possível encontrar o imóvel ideal para você e com condições de pagamento acessíveis.

A escolha do melhor imóvel

Agora que você já sabe a faixa de preço da sua região e os tipos de imóveis que você pode financiar, é bom colocar alguns itens na sua lista de prioridades na escolha do imóvel. Siga nossas dicas abaixo:

  • local e arredores;
  • segurança;
  • acesso a transporte público e outros serviços;
  • regras do condomínio, se for o caso;
  • possibilidade de redecoração, para deixar o novo lar do seu jeito.

Além disso, é bom se atentar a outros fatores, como a qualidade dos materiais utilizados na obra, se for imóvel na planta ou novo. Se puder, faça uma checagem geral no imóvel e o visite várias vezes antes de fechar negócio. Assim, se houver qualquer problema, você vai saber.

Pode até parecer simples, mas escolher o melhor imóvel é uma tarefa bem difícil, especialmente se houver muitas opções. Portanto, leve em conta todos os fatores e todas as possibilidades de financiamento e negociação. Assim, o sonho da casa própria nunca vai se tornar um pesadelo.

Gostou de entender melhor o funcionamento do Minha Casa, Minha Vida? Quer receber mais dicas sobre moradia? Assine gratuitamente a nossa newsletter e fique sempre por dentro das maiores novidades do mercado imobiliário!

COMPARTILHAR